BRASÃO

Escudo de prata com uma águia bicéfala negra, segurando nas garras à dextra um componedor, (carimbo), e à sinistra uma almofada de tinta, tudo de ouro; em chefe, flor-de-lis de azul entre duas fontes heráldicas e, em ponta, uma folha de papel de vermelho, enrolada nas extremidades.

Coroa mural de prata de três torres. Listel branco, com a legenda a negro, em maiúsculas: «FREGUESIA DE LEIRIA».

Lenda da Ermida de Nossa Senhora da Memória

Em 1625 foi fundado um edifício de culto em invocação de Nossa Senhora da Memória , onde actualmente se encontra a Igreja Matriz.

A este culto está associado uma lenda.

Conta-se:

“ Os habitantes de Colmeias e Espite praticavam regularmente em romarias e devoções á Nossa Senhora da Purificação, o orago da vizinha povoação de Seiça.

Naquela região, existia uma águia que matava todas as crianças que conseguia apanhar, o que levou as populações a integrarem-se nas procissões anuais da Sr.ª da Purificação.

Indo a procissão a passar junto a um campo, onde estava um homem a lavrar, acompanhado de um filho.

Chamaram-no, para nela se juntar. Respondeu o homem, que não podia porque a Leira só ia a meio da sementeira, e tinha ali os bois.

Depois da procissão passar, veio a águia e matou-lhe o menino.

Ao ver isto, o homem larga os bois e foi à igreja, e quando regressou encontrou o menino vivo e os bois no mesmo sítio.

Diz-se que foi em louvor deste milagre que se fez a ermida de N. Sr.ª. da Memória.”

Ermida Memória